¬balelas.

Archive for outubro 2009

-Não importa minha solidão, eu tenho uma brilhante carreira.

-E ela trepa bem?

Anúncios

Ousada a menina que ria na escada.

Com a boca toda lambuzada,

limpando o queixo com as costas da mão.

A gente cantava e cantava uma musica bem pouco engraçada,

mas conseguíamos dar risadas loucamente sem parar.

Preenchida de paz,

respostas sagas

e uma vontade enorme de ter uma noite feliz,

cutuquei sua cicatriz esperando atenção.

Ela queria minha atenção… Segurar minha mão.

E cantar, e cantar!

Inibida a menina que ria e me ouvia.

dizia com o olhar,

o que a noite estava preste a ganhar.

Pousava seus suspiros no meu colo,

e depois do terceiro copo

não conseguíamos mais nos segurar.

E a ousado paixão da menina inibida,

fez dela a mais linda

menina do luar!

Ela cantava e dançava as musicas com tanta graça

Que a vida pareceu dar-lhe na lata,

uma bonita história de amor pra contar.

O ovo que xoca,

vem do ovo de foca.

Tem lugares que me lembram
Minha vida, por onde andei
As histórias, os caminhos
O destino que eu mudei…

Cenas do meu filme
Em branco e preto
Que o vento levou
E o tempo traz
Entre todos os amores
E amigos
De você me lembro mais…

Tem pessoas que a gente
Não esquece, nem se esquecer
O primeiro namorado
Uma estrela da TV
Personagens do meu livro
De memórias
Que um dia rasguei
Do meu cartaz
Entre todas as novelas
E romances
De você me lembro mais…

Desenhos que a vida vai fazendo
Desbotam alguns, uns ficam iguais
Entre corações que tenho tatuados
De você me lembro mais
De você, não esqueço jamais…
Rita Lee

 



  • Nenhum
  • ao quadrado.: Tentei "ler" você; Não consegui e pensei que deixar a casa, com um livro, pra procurar ar fresco, e conversar com os amigos, e que.. terminou com
  • balelas2: =)
  • =): Te amo.

Categorias